Alemanha, Brasil, Honduras e Nigéria buscam o ouro nas semifinais do futebol masculino

Rio Olympics Soccer Men
Neymar parte para o ataque no jogo contra a Colômbia. Foto: Divulgação/Reuters

Os dois finalistas do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de 2016 serão conhecidos na quarta-feira (17), quando o Brasil enfrentará Honduras no Maracanã às 13 horas. E mais tarde na Arena Corinthians no jogo entre alemães e nigerianos, às 16 horas.

Brasil x Honduras

O tão sonhado ouro está mais próximo do que nunca para a seleção brasileira de futebol masculino. Após um começo conturbado com dois empates por 0 a 0, contra a África do Sul e o Iraque. Na terceira rodada finalmente o bom futebol apareceu com uma sonora goleada por 4 a 0 contra a Dinamarca.

 Na fase seguinte enfrentaram a Colômbia em um clássico sul-americano. Após belo gol de Neymar, o jogo virou uma “carnificina” para o craque brasileiro, que apanhou de diversas formas. O ritmo foi muito intenso durante todo o jogo, e coube a Luan fechar o placar em 2 a 0 para o Brasil, garantindo a semifinal.

Honduras chegou muito confiante para o confronto contra a Coréia do Sul, depois do empate que eliminou a Argentina, bicampeã olímpica. Além disso bateu a Argélia em um jogo marcado por falhas dos goleiros. Perdeu para Portugal por 2 a 1, sempre apostando em um contra-ataque muito veloz e eficiente.

Agora as duas seleções medirão forças na quarta-feira. O Brasil surge como favorito e vai com o time completo, com seu ótimo quarteto ofensivo e a sólida defesa, que não levou nenhum gol no torneio. Já Honduras aposta no jogo defensivo e durante a partida busca a bola do jogo por via de seu forte contra-ataque. Para isso conta com a boa atuação do goleiro Luis López e com o poder de definição de seus habilidosos atacantes, Alberth Elis e Anthony Lozano.

Alemanha x Nigéria

Do outro lado da chave, o time alemão sonha em conquistar algo a mais que uma medalha de bronze – seu melhor resultado em olimpíadas. Após empatar os dois primeiros jogos contra o México e a Coreia do Sul, o Mannschaft que apresentava bom futebol, aplicou uma goleada histórica de 10 a 0 sobre o fraco time de Fiji.  Na segunda fase, em um clássico europeu contra Portugal, os alemães conquistaram a vitória por 4 a 0 e seguiram na competição.

A Nigéria, classificada como primeira no “grupo da morte”, já em sua estreia fez o melhor jogo da Olimpíada até então, com muitos gols na vitória por 5 a 4 contra o Japão. Em seguida uma vitória simples sobre a Suécia, atual campeã europeia da categoria, em um jogo muito movimentado. Para fechar, uma derrota para os colombianos, porém os Super Eagles já classificados, “tiraram o pé”. Nas quartas de final, enfrentaram a Dinamarca, com uma proposta extremamente defensiva de jogo, mas finalizaram com a vitória por 2 a 0.

A expectativa para este jogo é grande, pelo lado alemão se destacam bons valores individuais, como Meyer, Gnabry, Ginter e Selke, auxiliados pelos experientes irmãos Bender no meio de campo. Já na seleção nigeriana, o ponto forte é o vigor físico, característica sempre notável neste tipo de competição. O time ainda conta com a organização do capitão Obi Mikel e os gols do jovem artilheiro Sadiq Umar.

Por Caio Castilho.