Seleção brasileira joga mal e frustra torcedores. Coréia goleia e lidera grupo com México e Alemanha

Neymar em ação diante da selção da África do Sul.
Neymar em ação diante da seleção da África do Sul. Foto: Divulgação

O torneio de futebol masculino da Olimpíada Rio-2016, enfim começou. Nesta quinta-feira, 4, a bola rolou em oito partidas dessa primeira fase. Nos jogos do grupo A, a rede não balançou, deixando as quatro equipes empatadas com o mesmo número de pontos. Destaque para a fraca atuação da seleção brasileira diante um excelente público no Estádio Mané Garrincha.

No grupo B, as duas partidas foram muito movimentadas, com muitos gols. Até o momento, a Nigéria lidera, seguida por Suécia e Colômbia que empataram. O Japão é o lanterna.

Pelo grupo C, a Coréia do Sul começou com uma vitória arrasadora em cima de Fiji, e assumiu a liderança do grupo, deixando os fijianos na lanterna. Atrás dos coreanos, estão México e Alemanha, após empatarem por 2 a 2.

Por fim, o grupo D teve péssimas atuações de dois goleiros. O defensor argentino falhou feio, e permitiu que Portugal vencesse e se tornasse líder. Em outro jogo, no Engenhão, Honduras contou com a ajuda do goleiro da Argélia, que falhou duas vezes, para vencer e ficar com a segunda colocação do grupo.

Abaixo, uma breve análise de cada jogo da 1ª rodada do Torneio Masculino de Futebol Rio-2016.

Iraque (0) x (0) Dinamarca

O empate sem gols na partida que abriu o grupo A, surpreendeu alguns torcedores que foram ao Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Desde o início da partida, quem tomou conta das ações ofensivas foi o Iraque. Abusando de jogadas individuais, os iraquianos foram pra cima, obrigando os dinamarqueses a jogar no contra-ataque. O Iraque finalizou 17 vezes, contra 9 tentativas dos dinamarqueses. As duas equipes somaram um ponto cada.

Brasil (0) x (0) África do Sul

Diante do grande público presente em Brasília, a seleção brasileira decepcionou e empatou em 0 a 0 com os sul-africanos. A expectativa era alta para ver Neymar e companhia em ação, mas o Brasil parou no goleiro Khune. Com um volume de jogo maior durante toda a partida, os brasileiros se precipitaram na maioria dos lances, dando sinais de que pesou o fato de jogar em casa. Na chance mais clara da partida, Gabriel Jesus parou na trave mesmo com o goleiro caído no chão. Em uma seleção onde se esperava gols e dribles, quem se destacou foi o volante Thiago Maia, que ganhou quase todas as disputas no meio campo. Com o resultado, ambas as equipes se juntam com Dinamarca e Iraque, com um ponto cada.

Suécia (2) x (2) Colômbia

No jogo que abriu o grupo B, não faltaram gols e emoção para o torcedor que compareceu na Arena da Amazônia. A equipe colombiana marcou logo aos 16 minutos da primeira etapa, com um gol da sua principal estrela, Teo Gutiérrez, jogador do Sporting, de Portugal. A Suécia respondeu ainda antes do intervalo, com um golaço de Ishak, em um belo chute de fora da área. No segundo tempo, os europeus voltaram melhor, e Astrit Ajdarevic, principal jogador da seleção tratou de virar a partida após rebote do goleiro Bonilla. Aos 30 minutos, Pabón cobrou pênalti para a seleção colombiana e igualou o placar. Em mais um empate na rodada, as duas equipes somaram um ponto.

Nigéria (5) x (4) Japão

Essa partida certamente foi a emocionante da 1ª rodada no masculino. Antes dos 10 minutos do primeiro tempo, já tinham saído quatro gols. Os nigerianos foram para o intervalo com a vantagem de 3 a 2. Na volta para a segunda etapa, o ritmo continuou de forma intensa. A Nigéria marcou de pênalti, com Etebo, que marcou 4 gols da seleção africana na partida. O ritmo caiu, mas não o suficiente para o Japão se entregar. A equipe asiática ainda diminuiu no finalzinho, encerrando assim, a melhor partida da primeira fase.

México (2) x (2) Alemanha

Sob forte chuva, México e Alemanha ficaram no empate por 2 a 2, na Fonte Nova, em Salvador. Todos os gols da partida saíram no segundo tempo. O México, atual campeão olímpico da modalidade, ficou na frente do placar duas vezes, com gols de Oribe Peralta e Pizarro, mas não conseguiram administrar a vantagem. Os alemães buscaram o empate com gols de Gnabry e Ginter. Com o resultado final, cada equipe somou apenas um ponto.

Fiji (0) x (8) Coréia do Sul

A seleção com o maior número de gols nesse primeiro dia de competição tem nome: Coréia do Sul. Os asiáticos não se intimidaram diante da fraca seleção de Fiji. Apesar da grande diferença técnica entre as equipes, os coreanos conseguiram uma vantagem de apenas um gol para o intervalo. Essa diferença poderia ter sido maior, mas Moon Changjin perdeu um pênalti. Na volta para a segunda etapa, os coreanos deslancharam de vez. Três gols em três minutos acabou animando os Tigres da Ásia, que partiram para cima com tudo. Destaque para o camisa 10 sul coreano, Ryu Seungwoo, que fez um Hat-trick. Com a goleada, a seleção coreana lidera Grupo C, com 3 pontos e 8 gols de saldo.

Honduras (3) x (2) Argélia

Com dois tempos distintos, Honduras venceu a Argélia por 3 a 2, graças a ajuda do goleiro africano. O jovem goleiro argelino, Chaal, não estava em uma tarde feliz, falhando duas vezes. Por mais que os africanos tenham sido melhores durante os 90 minutos, a partida premiou quem errou menos. Sob o comando do técnico Jorge Luis Pinto, a seleção de Honduras largou na frente na luta por uma vaga na próxima fase.

Argentina (0) x (2) Portugal

“Abraçado” pelo público, a seleção de Portugal derrotou a Argentina no Engenhão, pelo placar de 2 a 0. Em uma partida bastante movimentada, os portugueses começaram melhor, porém o gol só foi sair no segundo tempo. Apesar da bola do atacante argentino Calleri acertar o travessão, foi Portugal que saiu na frente. Após jogada pela esquerda, Paciência apareceu livre na entrada da área para fazer o primeiro. Com o gol, os Argentinos se lançaram ao ataque, e aos 29, o lateral esquerdo Pité, chutou de longe, e contou com um frango do goleiro argentino Rulli, decretando a vitória e a liderança do grupo D para os portugueses.

Por Fernando Pacini.